Prefeitura de Santos lança projeto-piloto com mudanças na coleta de lixo doméstico

A Prefeitura da cidade de Santos apresentou, nesta quarta-feira, o projeto-piloto para a instalação de 246 contentores para coleta de lixo no Centro Histórico da Cidade. Os equipamentos já serão colocados nas ruas do Centro neste final de semana e, na segunda-feira, já começam a ser utilizados.

Durante o anúncio, feito no Salão Nobre do Paço Municipal, a empresa Contemar, responsável pelos equipamentos, fez uma demonstração de como será a operação de coleta e higienização dos contentores, feita por caminhões específicos.

De acordo com a assessoria de imprensa da Contemar, o método é o mesmo utilizado em Paulínia, cidade do interior do Estado, que é exemplo quando se fala em coleta de lixo. Lá, o serviço é mecanizado.

O secretário de Serviços Públicos de Santos, Carlos Alberto Tavares Russo, afirmou que o quadro de funcionários da limpeza urbana não será alterado, mas que no futuro eles passarão por uma readaptação.

Russo também disse que na próxima semana terá início uma campanha educativa para conscientizar as pessoas a levar o lixo doméstico ao local adequado.





Após o Centro Histórico, os contentores devem ser instalados no Gonzaga e no Conjunto Habitacional Humberto de Alencar Castello Branco (BNH Aparecida).

Como irá funcionar

Cerca de mil contentores adquiridos pela Prefeitura irão substituir as cestas de lixo instaladas na frente de muitas residências.

A instalação dos equipamentos será evitada em áreas que afetem o trânsito. “Daremos preferência a praças e calçadas, mas vamos estudar cada um dos casos. Eventualmente, podemos colocar em uma esquina, mas de uma forma que não comprometa o fluxo de veículos e a visibilidade dos motoristas”, disse Russo, em entrevista para A Tribuna no último mês.

Os novos coletores deverão receber somente resíduo doméstico. Na campanha de conscientização, a população será instruída a não jogar restos de construção ou de móveis nas lixeiras.

Fonte: A Tribuna